quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Quando a sua casa vira...

A casa do caralho. Sim, quando se mora sozinha, isso é um risco que se corre. Por dois motivos diferentes entre si.

1) sem sua mãe pra mandar você arrumar o quarto ou lavar a louça, várias vezes, você acaba, simplesmente, não fazendo. Mas, pela ordem natural das coisas, tudo acumula. A louça acumula. Seu quarto vira um recanto de qualquer coisa que não se encontra palavras pra mencionar. Sem sua mãe pra mandar você comer na cozinha, você acaba comendo lá mesmo. E pela ordem natural das coisas, as formigas descobrem os farelos das porcarias que você come e quando se dá conta, elas já têm um processo judicial reclamando a posse do lugar.

Mais uma vez, sem sua mãe mandando você recolher suas roupas que você espalha no banheiro, na sala e na cozinha, elas acabam ficando por lá mesmo. E, mais uma vez, pela ordem natural das coisas, quando você se dá conta, já não tem uma mísera camiseta limpa pra usar.

Então, sua casa vira a casa do caralho porque ‘caralho’ é a única coisa que você consegue dizer quando abre a porta.

2) sem sua mãe para te mandar dormir cedo, você simplesmente, não vai. Como você já mora sozinho e tem noção das suas responsabilidades, deveria ir por mera consciência de que dormir 8h por dia é saudável e você trabalha logo pela manhã. Mas não. A internet é mais forte, o filme do Intercine é mais legal. E ainda bem que inventaram o termo ‘insônia’, assim sua irresponsabilidade ganha nome de doença psiquiátrica e tudo fica resolvido.

Só que seus amigos descobrem tudo isso e sua casa acaba virando recanto de psicóticos, drogados e de gente que não tem mais nada o que fazer da vida mesmo. Quer dizer, eu não sei se as pessoas que freqüentam minha casa são drogadas, mas certamente são psicóticas e não têm mais o que fazer.

Sem sua mãe para controlar sua alimentação e com seus amigos freqüentando sua casa diariamente, a ordem natural das coisas é que na sua geladeira tenha apenas latinhas de cerveja e sachês de maionese e catchup que vêm junto com o cachorro-quente, que, quando se mora sozinho, é a base de uma alimentação saudável.

Você engorda, bebe e não dorme, e a ordem natural das coisas sugere que você fique cada vez mais feio e acabado, o que faz você olhar no espelho e ‘caralho’ ser a única coisa que surge na sua cabeça.





*Dica: more sozinho só quando puder pagar uma empregada e ter juízo suficiente para dizer não às armadilhas de satanás.

3 comentários:

Val disse...

Caralho...rs
Amei o blog amiga!!
Bjo Val

Victor Tadeu Oliveira disse...

Tente instaurar um modo de governo eficiente e abandonar essa anarquia!!

Felipe disse...

ahauhauahuahau

realmente a descrição de casa do caralho foi ótima ehueheuheuehu

ótimo blog tuty =)