terça-feira, 24 de novembro de 2009

Se me ama, me dá um livro

Ontem foi aniversário da Giselle, mídia aqui da agência. Cheguei lá, depois de uma prova (coincidentemente) de mídia, encontrei as pessoas se divertindo no Guitar Hero, bebendo, conversando. Era uma festa pequenininha, fofinha, pras pessoas mais chegadas... tava tudo tão legal até eu me lembrar de algo: eu nunca tive festa de aniversário. Consequentemente, nunca ganhei presente de aniversário.
Como eu faço aniversário dia 29/12, imagine só meu drama: quando criança, ou fazia a festinha no começo de dezembro quando ninguém tinha ido à praia ainda, ou fazia na praia, só com a família. Exemplo:

















"Querido diário, estes sãoMamãe, Papai bêbado, eu e meu
Tio bêbado na minha festinha. Foi muito divertido." NOT



Portanto, esse ano eu resolvi fazer diferente. Não quero festa, não. Como eu não sou trouxa, nem nada, quero só a parte boa: o presente. Eu podia pedir roupas, acessórios, DVD's bacanudos, ou, sei lá, um crocs! Não, eu não faria isso comigo mesma. Portanto, caros amigos, tudo que eu peço a vocês, é uma coisa que não se nega a uma pequena criança prestes a completar 22 anos. Um livro. Eu amo livros. Tenho tara por livros. Eu gosto mais de ter livros que ler livros! Tá, mentira. Eu sou tão legal, mas tão legal, que vou fazer aqui uma listinha dos livros que me fariam felizes.

  • Como fazer inimigos e alienar pessoas, que você encontra à venda aqui. 
  • Os homens que não amavam as mulheres, que está aqui. 
  • A menina que brincava com fogo, que é este aqui 
  • A rainha do castelo de ar, último da trilogia Millenium e é este aqui; 
  • O bobo da rainha, que está aqui! 
  • Cem melhores crônicas, que, na verdade, são 129.
  • O triste fim do pequeno menino ostra, que está aquiii!

Você pode me ajudar a superar um trauma. Conto com a sua doação!




(Você pode achar estes livros também neste sebo virtual)

Um comentário:

artesanato disse...

Parabéns pela estrutura e conteúdo de seu blog, forte abraço, Renato artesanato em mdf